Sabemos que os investimentos se dividem em investimentos de renda fixa e investimentos de renda variável, mas qual a diferença?

Investimentos de renda fixa tem esse nome não por que o que receberemos é fixo, pois mesmo na renda variável o montante final pode variar, e normalmente vai. Chamam-se de renda fixa investimentos em que o prazo e as condições de resgate são pré-definidos. Por exemplo, quando se compra o título da dívida pública chamado Tesouro Selic, sabemos quando o título vencerá e quanto receberemos de juros: a taxa SELIC anual com capitalização diária. Se a taxa SELIC cair, nosso rendimento cai, se subir, nosso rendimento sobe, ou seja, varia. Isso não quer dizer que seja modalidade de aplicação de renda variável, porque já sabíamos disso na aquisição do título.

Já os investimentos em renda variável, não sabemos prazo e nem temos clareza das condições de recebimento. Quando compramos uma ação da AMBEV, por exemplo, podemos detê-la até o fim da vida e deixar como herança para nossos filhos e nossos filhos podem deixar como herança para os seus. Não há prazo de vencimento para o título. Não se sabe se de fato receberemos dividendos, nem se as ações irão valorizar ou desvalorizar. Não há taxa de juros pactuada, mas apenas a ciência de que tudo dependerá das operações e finanças da empresa em que confiamos nosso suado dinheiro.

Talvez você possa pensar: a renda fixa é melhor por que já sabemos antes quando e quanto vamos receber! A renda fixa garante um retorno mediano, enquanto que a renda variável, pode trazer grandes retornos ou grandes prejuízos de um dia para o outro. Tudo irá depender do perfil do investidor. Quanto mais conservador, mais irá para a renda fixa. Quanto mais analítico, maior serão as chances de se ter sucesso na renda variável, que exige muito estudo e acompanhamento.

Para facilitar, pense em quando você irá precisar do dinheiro. Se for precisar em um curto período de tempo ou a qualquer momento, ou seja, esse dinheiro é sua poupança, invista em renda fixa. Agora, você está disposto a investir e tem certeza de que não precisará do dinheiro tão cedo, invista também em renda variável.

Um dos mestres em investimento do país, o Bastter, se diz extremamente conservador: tem títulos de renda fixa e de renda variável em proporção de 50% para cada. Se ocorrer algo com a renda fixa, ele tem a renda variável como garantia financeira. O  contrário é verdade também. No projeto Eu, Rico do blog, seguiremos a mesma filosofia, 50%-50%.

É isso que eu queria passar. Volte sempre!

Anúncios

2 comentários em “Qual a diferença entre renda fixa e renda variável?

  1. acredito que 90% em renda fixa e 10% em renda variável parece ser uma alocação segura, onde dificilmente se perde dinheiro, e se der sorte nos 10% em ações, pode no futuro se multiplicar por 5, deixando a carteira com uma ótima rentabilidade!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s